Notícias

Ibatiba (ES) reúne municipalistas do Estado para receber o Ação Municipalista da CNM

09/05/2018

Ibatiba (ES) abriu as portas para receber o encontro Ação Municipalista, nesta terça-feira, 8 de maio. Os representantes da Confederação Nacional de Municípios (CNM) Ângelo Roncalli e Marciley Coelho apresentaram as conquistas obtidas pelo movimento nacional em 2017, debateram a pauta prioritária a ser entregue aos poderes da República e convocaram os participantes para a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, de 21 a 24 de maio.

Dentre as principais reivindicações, ganharam destaque os projetos que aguardam votação no Congresso Nacional e que dependem da pressão para serem aprovados. Outros assuntos também foram abordados, de forma informal e participativa, como: o Imposto Sobre Serviços (ISS); a possibilidade de parcelamento da dívida previdenciária e o encontro de contas dos débitos da União com os Municípios; e mais prazo para pagamento dos precatórios.

A proposta de um documento conjunto, da CNM e de todas as associações estaduais, foi apresentada aos presentes. A intenção é criar e entregar esse documento a deputados, senadores, governadores e ao futuro presidente da República, para que esses assinem termo de compromisso com as propostas de reformulação do pacto federativo, principalmente aquelas que precisam avançar no Congresso Nacional e/ou no Executivo Federal.

Emenda
“Sem autonomia não temos como avançar. Fazer emenda é bom, fazer contribuição para o Município é bom, mas muitas vezes o deputado deixa de votar um projeto, que vai trazer muito mais receita, por uma emenda. E às vezes, por causa do jogo político, acaba votando sem conhecer de fato o problema”, ressaltou Roncali. Ele e Coelho também falaram sobre a necessidade de atualização dos programas federais, e de outras medidas que podem promover mais recursos para os cofres municipais.

Dentre as principais reivindicações, ganharam destaque os projetos que aguardam votação no Congresso Nacional e que dependem da pressão para serem aprovados. Outros assuntos também foram abordados, de forma informal e participativa, como: o Imposto Sobre Serviços (ISS); a possibilidade de parcelamento da dívida previdenciária e o encontro de contas dos débitos da União com os Municípios; e mais prazo para pagamento dos precatórios.

A proposta de um documento conjunto, da CNM e de todas as associações estaduais, foi apresentada aos presentes. A intenção é criar e entregar esse documento a deputados, senadores, governadores e ao futuro presidente da República, para que esses assinem termo de compromisso com as propostas de reformulação do pacto federativo, principalmente aquelas que precisam avançar no Congresso Nacional e/ou no Executivo Federal.

Durante a presença da CNM em Ibatiba, o anfitrião, prefeito Luciano Pingo, gravou um vídeo falando sobre o Ação Municipalista e sobre a XXI Marcha. “Vamos nos juntar com a Amunes, vamos nos juntar com a CNM e com todas as entidades municipalistas do país para fazer um país mais justo, porque a CNM somos todos nós”, destacou o gestor local. Ele convocou a participação dos conterrâneos no maior evento municipalista mundial, em número de autoridades locais.

Promoção
Promovido pela Confederação e pela Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), o encontro reuniu representantes de Ibitirama, Reginaldo Simões; de Divino de São Lourenço, Eliardo Aparício; de Brejetuba, João Lourenço; de Vargem Alta, João Altoé. Também marcaram presença, o diretor geral da Assembleia Legislativa do Espírito Santos, Joel Rangel; o diretor do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), Eglon Ruan; além dos vereadores Elias Cândido - Presidente da Câmara, Beto da Saúde, Geilson Tomáz e Paulinho do Eucalipto.

Com informações da Pref. Ibatiba

Mande-nos uma mensagem

Nome

Email

Recado